Imagem capa - Reflexos da maternidade e a Sombra por Daniela Lugarinho
maternidadesombraAutoestima Maternografia Ensaiofeminino

Reflexos da maternidade e a Sombra

Reflexos da maternidade
Eu queria muito ser mãe, desde menina, mas pra falar a verdade eu não tinha a menor ideia do que isso significava  além do que eu fazia com as minhas bonecas, ou seja , trocar fralda, dar uma mamadeira e pronto, estava tudo resolvido! Parecia tão fácil  antes! Mas não é! A maternidade  causa uma transformação profunda. A mulher de antes se despede da mulher de hoje pra se reinventar.
No livro A Maternidade e o encontro com a própria Sombra Laura Gutman fala sobre a fusão emocional entre mãe e bebê . Além da matéria  há um corpo sutil e essa união emocional permanece apesar do parto e assim, esse bebê representa  a alma materna, vivendo como se fosse dele todos os sentimentos da mãe, inclusive aqueles que ela nega e esconde em sua sombra. Ou seja quando um bebê chora muito devemos perguntar: Por que sua mãe chora tanto? O bebê é como um mestre pois manifesta aquilo que ocultamos de nós mesmas. O bebê é um grande espelho da alma da mãe. Olhe atentamente, o que ele está nos dizendo?

A nossa Sombra foi desenvolvida na infância assim como a dos nossos filhos está sendo formada agora.Precisamos questionar os momentos sofridos daquela época para que aqueles padrões não fiquem se repetindo na nossa vida. 

Com  a aparição da sombra no puerpério, as mulheres muitas vezes se sentem perdidas e isso não acaba com a alta do obstetra como ela fala! Vai muito além! no meu primeiro filho, acho que levou uns dois anos pra que eu começasse a buscar o autoconhecimento que a maternidade me exigiu para poder reconhecer a mim mesma. 

O livro dela é super intenso e vale a pena ser lido em pequenas passagens e relido, e relido.



Foto: banter snaps by unsplah




Cursos online que recomendo: Mais seguidores e Fotos que vendem de Ana tex:

http://edzz.la/JVDRS?a=89819779